sexta-feira, 27 de abril de 2012

“Foi quando eu senti, mais uma vez, que amar não tem remédio”